FacebookTwitterLinkedIn

Regimes tributários: qual é a importância de fazer um bom planejamento

Das várias decisões burocráticas que devem ser tomadas pelos empreendedores que estão abrindo uma empresa, a escolha entre os três tipos de regimes tributários é uma das mais relevantes. Afinal, o enquadramento correto impacta diretamente na lucratividade e nos resultados gerais do negócio. 

Estamos entre os países que mais gastam tempo e dinheiro na área fiscal. São mais de 790 mil normas vigentes. Destas, 28 mil são relacionadas exclusivamente aos tributos. Assim, o sistema tributário brasileiro acaba se tornando complexo e oneroso para as empresas. 

Por isso, ter em sua caminhada o apoio de profissionais qualificados e experientes facilita (e muito!) todo o processo. A contabilidade consultiva pode ser uma alternativa para quem procura o enquadramento certo para o seu negócio.


Contabilidade consultiva

Ao deixar de lado o contador tradicional e optar pela contabilidade consultiva, o cliente é capaz de, entre outras vantagens, alcançar a melhor opção de regime tributário. A visibilidade financeira também entra como outro importante benefício deste modelo.

“Conseguimos levar informação que tenha impacto para o bom direcionamento do negócio. Levamos os dados de forma tempestiva e palatável para que o cliente possa tomar sua decisão”, disse Davi Gonçalves, business architect da BHub

“É preciso ter a assessoria de um bom contador. Alguém que vai conseguir olhar, projetar e planejar o seu negócio”, acrescentou Ricardo Correia, gerente de operações da BHub. 

Com qualidade e dados assertivos, facilitando a compreensão do cliente, o contador consultivo pode dar apoio ao empreendedor e auxiliar na governança do negócio. Assim, é muito mais fácil de fazer o planejamento tributário da empresa.

Planejamento tributário 

O planejamento tributário, além de garantir conformidade nas operações fiscais, é uma ferramenta importante para obter mais economia. Dessa forma, é possível levantar oportunidades tributárias sem deixar de seguir as leis. 

A análise comparativa dos regimes tributários pode ajudar na escolha do enquadramento mais vantajoso, aproveitando assim os benefícios e isenções fiscais. “São questões decisivas, porque, no fim das contas, faz diferença a escolha do regime tributário. Precisamos entender quais são as oportunidades tributárias para conseguir otimizar o resultado”, comentou Correia.

Fazendo essa avaliação geral, é possível tomar as melhores decisões fiscais para o seu negócio. 

A importância dos regimes tributários

O regime tributário tem influência sobre todo o negócio. O trabalho por trás da escolha de qual enquadramento seguir pode oferecer mais benefícios do que os empreendedores imaginam. 

“A figura do contador é relevante para todos os momentos da empresa. Muita gente prefere o caminho mais fácil, mas ele não necessariamente é o melhor e o menos oneroso”, explicou Ricardo sobre a importância de ter um profissional desta área como um “braço direito”.

“Segundo pesquisa do Sebrae, 79% dos empresários gostariam de ter recomendações do contador para melhorar o seu negócio. Não é só uma estrutura contábil. É o negócio como um todo”, complementou Davi.

Um exemplo da importância de escolher o enquadramento tributário correto é o caso da Clicampo. Por sugestão da BHub, a agtech mudou seu enquadramento, deixando o Simples Nacional e partindo para o Lucro Real sem deixar de cumprir 100% das obrigações com o governo. O resultado: a Clicampo deixou de pagar desnecessariamente R$ 1 milhão em impostos em 2022. 

Calculadora do Simples Nacional 

Além de oferecer o serviço de profissionais qualificados que entendem sobre o seu negócio, a BHub desenvolveu uma Calculadora do Simples Nacional. De forma online, qualquer um pode descobrir se o Simples Nacional é o melhor enquadramento para a sua empresa. 

Para fazer a consulta, basta baixar a calculadora e informar o segmento, o faturamento médio, o percentual gasto com funcionários CLT e a margem de lucro líquido. São solicitados também alguns dados sobre o quadro societário. 

Os dados básicos da companhia são analisados pela plataforma e, instantaneamente, o empreendedor confirma o que é melhor para o seu negócio. 

Ficou com alguma dúvida ou tem interesse em desburocratizar o seu backoffice? Converse agora com um de nossos especialistas! 

Últimos posts