FacebookTwitterLinkedIn

O que é conciliação bancária e como aplicá-la no seu negócio

A conciliação bancária é um dos processos mais importantes dentro da gestão de uma empresa. Ela pode identificar erros, inconsistências ou fraudes internas que atrapalham a saúde financeira do negócio. 

Por esse motivo, ela deve ser realizada da maneira mais adequada possível, partindo de um planejamento bem-feito e seguindo alguns passos fundamentais. Desse modo, um pequeno erro ou uma análise incorreta dos dados podem trazer graves problemas para o negócio.

Sendo assim, para te guiar nessa tarefa tão importante, preparamos este artigo recheado de informações sobre o assunto. Explicamos o conceito, o funcionamento e a importância da conciliação bancária, além de um passo a passo para realizá-la. Acompanhe a seguir!

O que é conciliação bancária?

Ademais, a conciliação bancária trata do controle e da análise das transações realizadas por um negócio. É o processo de controle financeiro e aferição das movimentações através dos extratos para garantir a sustentabilidade e lucratividade da empresa

Basicamente, todos os gastos, como lançamentos no extrato e suas datas, são comparados com informações registradas internamente.

A importância da conciliação bancária

Com a conciliação bancária é possível manter um controle interno e identificar erros ou valores não incluídos nas contas a pagar e a receber. Respeitar prazos e avaliar dados se tornam tarefas mais tranquilas, o que permite traçar planos estratégicos com base em informações mais exatas.

Através da conciliação, também pode-se evitar furos no caixa e retrabalhos quando aparecem inconstâncias financeiras. As tomadas de decisões se tornarão mais eficientes, mantendo o seu negócio mais seguro e competitivo no mercado.

Vantagens de uma conciliação bancária eficiente

Se realizada da maneira correta, a conciliação bancária pode fornecer uma visão bem esclarecedora das finanças da empresa. Confira algumas de suas vantagens no cotidiano da organização:

  • Ter os saldos sempre atualizados;
  • Realizar planejamentos estratégicos futuros com base em dados reais;
  • Realizar planejamentos orçamentários;
  • Prever o fluxo de caixa;
  • Evitar o pagamento de multas e taxas desnecessárias;
  • Detectar erros e fraudes com antecedência;
  • Controlar os recursos financeiros e a saúde organizacional;
  • Facilitar as tomadas de decisões.
Dois homens brancos, vestindo camisetas sociais, estão de pé no centro de uma sala. O homem à esquerda da imagem segura um tablet e usa uma caneta touch para indicar algo em um gráfico de desempenho na tela do aparelho. Já o homem à direita está folheando as páginas de uma agenda, enquanto olha atentamente para a tela do tablet.
A eficiência da conciliação bancária está na atenção aos mínimos detalhes.

Como fazer uma conciliação bancária?

Você pode fazer a conciliação diariamente, semanalmente, mensalmente ou semestralmente, de acordo com as necessidades do negócio. Tudo depende do perfil da empresa e do número de movimentações. O ideal é fazer diariamente. Assim, identifica-se rapidamente qualquer divergência.

Para que sua empresa consiga manter uma certa ordem durante o processo, trouxemos um passo a passo que vai agilizar a gestão financeira: 

1. Selecione os dados a serem observados

O primeiro passo é saber quais informações serão analisadas. Para ajudar na organização da rotina, faça um checklist para garantir que nada ficará para trás:

  • Contas a pagar (salários, fornecedores, contas gerais de manutenção);
  • Contas a receber (valores de recebimento de clientes, franqueado);
  • Datas de cada lançamento (monitore se elas condizem com as previsões de pagamento de recebimento);
  • Impostos e tarifas de operações financeiras (taxas bancárias, IOF);
  • Juros, descontos e multas (análise de todas as causas desses dados);
  • Lançamentos não identificados (toda transação precisa ter uma explicação. Então, se aparecer algum valor não reconhecido no extrato, busque sua origem);
  • Saldos bancários iniciais e finais.

2. Faça o lançamento diário de todas as movimentações 

Toda e qualquer movimentação financeira precisa ser anotada em detalhes, desde o motivo, até informações de quem recebeu ou pagou e suas respectivas contas. Utilize sistemas próprios ou uma planilha online para garantir que tudo fique devidamente salvo.

Mesmo que você não realize a conciliação bancária todo dia, os registros precisam ser feitos diariamente para assegurar informações completas.

3. Verifique o extrato bancário

Em suma, com o extrato bancário em mãos, observe se os saldos inicial e final batem com os números do controle interno. Esse passo é fundamental para compreender se todas as informações estão corretas e se o processo está sendo realizado da melhor maneira. 

Esses detalhes serão responsáveis por apontar eventuais erros de registro e também dar um norte para a empresa. Planejamentos orçamentários para novos projetos e investimentos em tecnologia, por exemplo, encontram viabilidade através dessas aferições.

Uma pessoa branca, apenas com o tronco e os braços visíveis, está sentada em frente a uma mesa também branca. Ela digita números em uma calculadora com a mão direita, onde também segura um lápis, enquanto confere alguns valores em um documento logo ao lado.
Todas essas checagens devem se tornar hábitos na sua rotina empresarial.

4. Monitore os detalhes dos lançamentos

Diretamente atrelado ao terceiro passo, esse monitoramento é crucial para analisar o fluxo dos pagamentos. Isso vale tanto para os pagamentos realizados quanto para os valores recebidos.

Esse controle ajuda a manter um fluxo de caixa organizado, evitando possíveis multas e agilizando a cobrança dos clientes, por exemplo.

5. Analise as divergências e correções

No entanto, por último, você deve analisar as divergências e corrigi-las para descobrir todos os detalhes. Se os saldos não coincidirem, identifique a origem do valor faltante ou excedente e revise a planilha de controle interno.

Certifique-se de que os registros da empresa reflitam completamente o extrato bancário para manter uma saúde financeira estável e organizada.

Por fim, guarde todas as notas, boletos, extratos e comprovantes para ter acesso sempre que precisar e para enviar esses documentos para a contabilidade. Além, é claro, de se resguardar contra possíveis problemas jurídicos.

É possível automatizar a conciliação bancária? 

Desse modo, Sim! Empresas que possuem uma frequência maior nas movimentações financeiras, precisam fazer a conciliação com uma periodicidade menor. Entretanto, negócios que estão começando ou que não possuem uma equipe completa para essas tarefas, podem optar por sistemas e softwares de gestão financeira

Plataformas de gestão empresarial podem ser suas maiores aliadas quando o assunto é saúde financeira. Elas otimizam processos internos, dando mais tempo para você focar no seu negócio.

Um laptop prateado aberto, com gráficos de desempenho sendo exibidos na tela, ocupa o centro da imagem. O aparelho está sobre uma mesa de madeira, onde também se encontram um copo de café, um celular, uma pasta e uma pilha de documentos, todos parcialmente visíveis. Também há uma fileira de tomadas instaladas sobre a mesa. Ao redor da mesa, há três pessoas em pé. Uma delas aponta para a tela do laptop, enquanto outra apoia sua mão direita sobre a parte traseira do dispositivo.
Softwares de gestão financeira e empresarial são uma verdadeira mão na roda quando o assunto é organização de dados.

Na BHub, oferecemos soluções práticas e cuidamos de todas as rotinas financeiras do seu negócio. Com a ajuda do nosso time de especialistas, você ganha agilidade para analisar as suas finanças, realizar projeções financeiras eficientes e tomar boas decisões. 

Ademais, o Financeiro as a Service é exatamente o que você precisa para automatizar a conciliação bancária. Com ele, o controle da folha de pagamentos, a construção e as análises de dashboard financeiro, relatórios mensais e muito mais estarão ao seu alcance!

Com sistemas automatizados e suporte de profissionais do mais alto calibre, a possibilidade de erros diminui drasticamente. Isso aumenta os seus resultados e a competitividade no mercado.

Contudo, consegue imaginar como é ter um time financeiro experiente e de confiança ao seu lado, te auxiliando na condução da conciliação bancária? Fale com os nossos especialistas e venha descobrir o potencial do seu negócio!

Últimos posts